04/09/2017 16:40:00 - Atualizado em 04/09/2017 16:48:37

Açúcar inicia setembro com forte baixa no mercado externo

  Reprodução

No Brasil, a saca de 50 quilos do tipo cristal foi vendida na sexta-feira a R$ 52,23, alta de 0,19% no comparativo com a sessão anterior

Os preços do açúcar despencaram no primeiro pregão do mês de setembro. Na sexta-feira (1º), o vencimento outubro/17 fechou cotado a 13.75 centavos de dólar por libra-peso, queda de 65 pontos em relação à sessão anterior. Na tela março/18 a retração foi de 62 pontos, firmando negócios em 14.36 centavos de dólar por libra-peso. Os demais contratos caíram entre 43 e 58 pontos.

"Na quinta-feira, as cotações haviam atingido o maior patamar desde o dia 3 de agosto. A alta do petróleo tende a elevar a demanda pelo etanol, reduzindo o interesse das usinas em produzir açúcar", avaliaram os analistas do jornal Valor Econômico desta segunda-feira (4) para justificar o grande percentual de queda da commodity.

Em Londres, a tela outubro/17 desvalorizou 15,50 dólares, fechando contratos em US$ 371,40 a tonelada. O lote dezembro/17 foi comercializado a US$ 375,00 a tonelada, baixa de 15,00 dólares. Os outros vencimentos sofreram queda de 11,50 a 14,70 dólares.

MERCADO INTERNO

No Brasil, os preços continuam em queda, de acordo com os índices do Cepea/Esalq, da USP. A saca de 50 quilos do tipo cristal foi vendida na sexta-feira a R$ 52,23, alta de 0,19% no comparativo com a sessão anterior.

Reportagem:


Fonte Portal do Agronegócio